A Casa Bartira era uma casa de colonos portugueses, que no início do século XX, a construiram às marges do Rio Sumaré.

Desde 2003 estava abandonada e entregue a degradação e a miséria.

Em 2008, uma agência de produção começou as reformas para reviver o local. Após quase 1 ano e meio, as obras acabaram e a casa, uma antiga farmácia, agora recebe acontecimentos culturais e festivos, além de ministrar aulas de Yoga e palestras que incentivem a boa qualidade de vida.

Anúncios